Esquadrão antibomba de Brasília explode mala jogada em caçamba de lixo

Esquadrão antibomba de Brasília explode mala jogada em caçamba de lixo

­

Andreza Matais

24 de julho de 2016 | 12h46

bomba vale este

 


bomba 2

bomba mochila

Fotos: Andreza Matais e Tuca Pinheiro

O Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do DF, o Corpo de Bombeiros e o Esquadrão Antibombas foram acionados na manhã deste domingo, em Brasília, para averiguar denúncia de que uma mala foi jogada numa caçamba de lixo numa quadra da Asa Sul, a 107, que fica próxima a pontos turísticos da capital federal, como a Igrejinha, primeiro templo de alvenaria construído na cidade.

A mala foi detonada pelos policiais. A bomba provocou forte explosão. Eles explicaram que as imagens de raio-x mostraram que havia um volume dentro da mala, o que justificou a explosão. Embora tenham descartado que houvesse explosivos dentro dela.

Todo aparato foi montado para que um homem do esquadrão antibombas fosse até a caçamba retirar a mala para averiguação. Segundo relato dos policiais, eles receberam a denúncia de um morador que contou ter visto um homem atirar o objeto na caçamba e sair correndo.

Há relatos de que no aeroporto de Brasília também houve denúncia no mesmo sentido. A assessoria do aeroporto esclareceu que  a  movimentação de policiais no local, contudo, foi devido a chegada de delegação da África do Sul de futebol que ficará em Brasília e jogará na Olimpíada e negou qualquer informação sobre ameaça no terminal.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.