Erro de Alcolumbre gerou boleto: novo TRF

Erro de Alcolumbre gerou boleto: novo TRF

Coluna do Estadão

28 de agosto de 2020 | 05h00

Davi Alcolumbre, presidente do Senado. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

A descabida criação de um Tribunal Regional Federal (TRF) em Minas Gerais é o primeiro estrago visível da imperícia cometida pelo Senado ao derrubar o veto do congelamento dos salários dos servidores públicos. Para consertar a avaria, os deputados cobraram caro. Segundo apurou a Coluna, a bancada mineira espetou na União a conta do TRF-6. Ou seja, o prejuízo, segundo o governo, tem nome e sobrenome: Davi Alcolumbre, presidente do Senado. Como ensinou o Conselheiro Acácio, de Eça de Queiroz, “as consequências vêm sempre depois”.

Prepara. Novos boletos emitidos pelos deputados para retomar o veto após a “brincadeira” do Senado vão aparecer, porém, nenhum deverá ser tão “visível” quanto o tribunal.

Aqui… A ausência de Alcolumbre na polêmica votação que derrubou o veto ao aumento de salários, na semana passada, contrariou boa parte dos senadores.

…não. Colocaram na conta do presidente o desgaste pelo fato de terem sido tachados de inconsequentes e até “criminosos”, nas palavras de Paulo Guedes.

W.O. A atuação de Alcolumbre no episódio foi uma comédia de erros. Mas, na ausência de nome viável até agora, ainda é o preferido do Planalto para continuar no comando do Senado.

Deixa… Na ação no STF sobre a reeleição nas presidências do Congresso, a Câmara preferiu não se manifestar. Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi aconselhado por aliados a deixar Alcolumbre sair na frente. A petição do Senado foi antecipada, na quarta-feira (26/08) à noite, pelo blog da Coluna.

…quieto. Pode custar caro para Maia se posicionar sobre a reeleição antes da decisão do STF. Melhor esperar e, se a tese não vingar, dizer que nunca quis.

CLICK. Pré-candidato no Recife, o deputado João Campos (à dir.) passou ontem o comando da Comissão Externa do MEC para seu colega Felipe Rigoni (à esq.).

Reprodução/Instagram

Ué? Causou estranheza absoluta entre procuradores federais a manifestação da PGR em defesa do foro privilegiado para Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso da rachadinha.

Ué 2? A avaliação é de que a lei é clara e não se aplica ao caso. Um subprocurador ouvido reservadamente pela Coluna chamou a tese de “pura ginástica”.

Stand… Depois do apelo do Butantã na Saúde, o ministro Eduardo Pazuello está propenso a colaborar com recursos para uma parte do que os paulistas pediram: reforma da fábrica e pesquisa clínica (algo em torno de R$ 145 milhões).

…by. O valor exato que a Saúde despenderá, contudo, ainda não foi acertado. Segundo interlocutores, o ministro interino espera relatórios mais detalhados dos gastos. A discussão sobre investir o restante do R$ 1,9 bilhão, total solicitado por São Paulo, para doses da vacina, foi adiada.

Retomada. Em reunião com a Frente Ambientalista do Congresso, a apresentadora Bela Gil defendeu que a reforma tributária acabe com os incentivos fiscais relacionados à produção e à venda de agrotóxicos. Ela é vice-presidente do Instituto Brasil Orgânico.

SINAIS PARTICULARES.
Bela Gil, chef de cozinha natural e apresentadora de TV

Ilustração: Kleber Sales

Digital first. O governo federal vai comprar cerca de 300 mil notebooks, monitores e desktops para servidores. Hoje, 47% deles estão em teletrabalho. O edital, que deve sair em setembro, terá valor de partida de R$ 1,5 bilhão.

BOMBOU NAS REDES!

Deputado Pedro Paulo. FOTO: AGÊNCIA CÂMARA

Pedro Paulo, deputado federal (DEM-RJ): “É óbvio que não podemos tirar do pobre para dar recursos para o mais pobre. O presidente está certo e ninguém quer isso. Mas precisamos nos apressar. As projeções mostram que o número de pessoas que mais precisam deve aumentar.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA. COLABOROU MATEUS VARGAS. 

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Davi AlcolumbreTRF-6Rodrigo MaiaSTF

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: