Equipe econômica prevê orçamento arrochado

Equipe econômica prevê orçamento arrochado

Coluna do Estadão

15 de agosto de 2019 | 05h00

Ministro da Economia, Paulo Guedes. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

A equipe econômica já avisou aos ministros que a Lei Orçamentária do próximo ano virá apertada. No caso da Agricultura, por exemplo, os recursos para gastos discricionários devem somar o mesmo valor de 2019, mas subtraídos os recursos contingenciados. O mesmo deve ocorrer nas outras pastas. Será a primeira vez em anos que haverá um decréscimo na dotação inicial. O resultado, segundo interlocutores do governo, é fruto do fato de a aprovação da reforma da Previdência ter ficado para o segundo semestre e de a economia estar patinando.

Meu pirão primeiro. A reunião ministerial no Alvorada na semana passada foi uma choradeira só. A Lei Orçamentária Anual tem de ser encaminhada ao Congresso até o próximo dia 31.

Wishful… O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, diz: “O recado já chegou”. Ele, porém, espera que a “notícia” (oficial) nunca chegue à pasta.

…thinking. Com o corte no orçamento deste ano, só há recursos para pagar as bolsas em andamento no CNPq, vinculado à pasta, até setembro. “Gasto com MCTI é retorno de investimento”, diz Pontes, na tentativa de convencer Paulo Guedes a pegar leve.

Dedos… Na Agricultura, a ministra Tereza Cristina preparou uma apresentação para Jair Bolsonaro. Quer explicar, por exemplo, a importância de recursos para a vigilância sanitária.

…cruzados. Países que tiveram intercorrências como EUA e Tailândia, diz a ministra, não recuperaram as exportações até hoje.

CLICK. Esperidião Amin levou a rainha e as princesas da Oktoberfest de Blumenau para o Senado e interrompeu sessão que examinava a indicação de embaixadores.

FOTO: COLUNA DO ESTADÃO

Mais um… O coordenador da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, tem palestra marcada em Brasília no dia 27 de setembro para tratar do tema “ética e luta contra a corrupção”.

…evento. Dallagnol consta no programa do Congresso Excelência em Gestão e Liderança. O ingresso do evento, que dura um dia, inclui almoço e dois coffee breaks e custa R$ 2,75 mil.

SINAIS PARTICULARES
Deltan Dallagnol, procurador federal

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Nome… A Unafisco afirma que interpelará judicialmente o ministro do TCU Bruno Dantas por ele ter se referido, em entrevista ao Estado, a auditores da Receita como “marginais”.

Cada um… Circulou entre militares relatório sobre como cada parlamentar se manifestou na primeira reunião da Comissão Especial que cuidará da reestruturação de suas carreiras.

…no seu… Há um temor de que PMs peçam condições iguais e inviabilizem pontos do projeto.

…quadrado. No relatório, foi destacada a massiva presença de PMs fardados (cerca de 40) e apenas um militar. De dez deputados que falaram, sete defenderam a PM e somente um teria tido discurso satisfatório em defesa das Forças Armadas.

Lixo… Enquanto somente a capital paulista sofre com 2,5 mil pontos de descarte irregular de lixo, SP patina sem conseguir implantar o rastreamento eletrônico de resíduos (MTR), adotado com sucesso em outros Estados, como Rio e Santa Catarina.

…solto. O sistema monitora o transporte do lixo da coleta até o destino final previsto em lei. Em SP, a adoção do modelo está travada no Meio Ambiente e vem sendo cobrada pelas associações ambientais e entidades do setor.

PRONTO, FALEI!

João Roma. FOTO: DOUGLAS GOMES/PRB LIDERANÇA

João Roma, deputado federal (PRB-BA): “O Nordeste é vítima de um populismo ultrapassado travestido de esquerda que penaliza os mais pobres”, sobre dados ruins da região no Caged.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Tendências: