Envolvidas em escândalos, Companhias Docas entram na mira do governo

Envolvidas em escândalos, Companhias Docas entram na mira do governo

Marianna Holanda

09 de agosto de 2019 | 06h00

CLAYTON DE SOUZA/AE

As Companhias Docas entraram na mira do Ministério da Infraestrutura. As oito empresas, que pertencem ao governo e servem para administrar portos, vão passar por uma auditoria da equipe da subsecretária de Governança e Integridade da pasta, Fernanda Costa de Oliveira.

Já há denúncias e indícios de irregularidades, envolvendo contratos antigos, em apuração. A Codesp, de São Paulo, esteve no centro das denúncias envolvendo o ex-presidente Michel Temer.

Fernanda é delegada da Polícia Federal e comanda o programa interministerial “Radar Anticorrupção”. A equipe da Infraestrutura quer visitar as companhias e fazer um pente fino nos processos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: