Empresários começam a duvidar da capacidade de Meirelles e Goldfajn de acelerar economia

Empresários começam a duvidar da capacidade de Meirelles e Goldfajn de acelerar economia

.

Luiza Pollo

01 de abril de 2017 | 05h15

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, não são mais unanimidade. Empresários e congressistas começam a duvidar da capacidade da dupla de acelerar o crescimento da economia.

O aumento de gastos com funcionalismo e do juro real da economia, mesmo com a queda da Selic, pauta as críticas. “Não existe obra publicada que aconselhe juros estratosféricos num país há dois anos em recessão”, diz um empresário.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Henrique MeirellesIlan Goldfajn

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: