Emissora de TV baiana poderá pagar R$ 33 milhões a ex-funcionário

-

Luiza Pollo

09 de julho de 2016 | 07h30

Uma grande emissora de televisão da Bahia está prestes a pagar R$ 33 milhões de indenização a um ex-funcionário, que alega quebra contratual. O juiz do assunto, em apenas um dia, deu por encerrada a tramitação do caso, causando surpresa.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Velocidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.