Em vídeo, Temer comemora leilão: “superou as expectativas”, diz

Naira Trindade

27 de outubro de 2017 | 16h24

O presidente Michel Temer vai divulgar em alguns minutos um vídeo em que comemora o leilão do petróleo desta sexta-feira, 27. No Twitter, Temer vai citar os números do leilão e frisar que o “resultado superou as nossas expectativas”. O governo arrecadou R$ 6,15 bilhões, R$ 1,6 bilhão a menos do que o previsto (R$ 7,75 bilhões). Duas áreas não foram vendidas nas 2ª e 3ª Rodadas de Partilha de Produção. O leilão começou após o governo derrubar uma liminar da Justiça Federal do Amazonas.

Leia o pronunciamento do presidente:

Minhas amigas, meus amigos.

 Hoje, tivemos a primeira rodada de licitações do pré-sal sob o novo modelo de exploração de petróleo e gás idealizado pelo meu governo.

Tivemos um excelente resultado. Participaram empresas nacionais e estrangeiras de vários países. Obtivemos bônus de outorga expressivo e o excedente em óleo a ser repartido com a União alcançou cifras significativas. 

São esperados, só para se ter uma ideia, investimentos de R$ 100 bilhões no Brasil pelas empresas vencedoras. O setor ainda deve criar, ao longo do tempo, até 500 mil novos empregos. Repito: 500 mil novos empregos.

Isso significa mais inovação e desenvolvimento para as regiões diretamente beneficiadas e, naturalmente, para todo o País.

A exploração das reservas deverá gerar ainda cerca de US$ 130 bilhões em royalties e outras fontes de arrecadação. Isso, naturalmente, se traduz em mais recursos para a União, estados e municípios. E ainda saliento, em nível federal, 75% dos recursos arrecadados com a exploração do pré-sal serão gastos em educação. Os outros 25%, destinados à saúde.

Portanto, com seriedade, trabalho, planejamento e transparência, estamos recuperando a confiança na economia brasileira e retomando o ciclo de investimentos produtivos. É com muito entusiasmo e tendo em mente os benefícios concretos à população que estamos impulsionando o crescimento, a renda e o emprego no Brasil.

Muito obrigado.

 

Tendências: