Em saia justa, Toffoli recebe bancada evangélica no final da tarde

Em saia justa, Toffoli recebe bancada evangélica no final da tarde

Juliana Braga

12 de fevereiro de 2019 | 15h16

Foto: Dida Sampaio

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, receberá hoje às 17h10 representantes da bancada evangélica.

Os parlamentares pediram a audiência em função da previsão de julgamento de duas ações sobre a criminalização da homofobia, marcadas desde o ano passado para a próxima quarta-feira, 13.

Integrantes do Supremo avaliam que Dias Toffoli está em uma saia justa. Por um lado, o ministro tem defendido o diálogo com os demais Poderes e adiou, por exemplo, a análise de uma ação sobre o aborto para não entrar em tema de competência do Legislativo. Por outro, a ação sobre a criminalização da homofobia foi apontada como uma prioridade pelo gabinete do ministro Celso de Mello, o decano da Corte.

São duas ações na pauta de amanhã. Além da relatada por Celso de Mello, há outra do ministro Edson Fachin. Foram propostas pelo Partido Popular Socialista (PPS) e pela Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT). (Juliana Braga)