Em reunião tensa, grupo de Doria ameaçou até acionar a PF

Em reunião tensa, grupo de Doria ameaçou até acionar a PF

Alberto Bombig

22 de novembro de 2021 | 16h56

Rodrigo Garcia, Joice Hasselmann e João Doria nas prévias do PSDB em Brasília: clima tenso. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Em um dos momentos mais tensos da reunião da cúpula do PSDB para decidir o futuro das prévias, ainda no domingo, 21, aliados do governador João Doria (SP) ameaçaram acionar a Polícia Federal para investigar os problemas no aplicativo de votação.

A ideia só foi deixada de lado após intervenção do vice-governador Rodrigo Garcia, que ajudou a acalmar os ânimos, e do compromisso assumido pela direção nacional tucana de que a continuidade do processo de votação ocorrerá nos próximos dias. Segundo apurou a Coluna, a última coisa que a direção nacional quer neste momento é que as prévias virem caso de polícia.

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.