Em reunião com PPS, Temer diz ser simpático a campanha por parlamentarismo

-

Coluna do Estadão

05 de julho de 2016 | 13h57

O tema parlamentarismo dominou a conversa do presidente interino Michel Temer com a bancada do PPS na Câmara e no Senado. O convite para o encontro, nesta terça-feira, partiu de Temer. O partido contou ao presidente que vai lançar um movimento em defesa do parlamentarismo. Temer respondeu, segundo presentes, que simpatiza com a ideia. Para o presidente, a mudança no regime de governo ajudará na discussão de uma reforma política mais profunda.

O presidente nacional da sigla, deputado Roberto Freire (PE), afirma que a proposta do partido é viabilizar um referendo para que em 2018 o novo governo já assuma no novo regime. “Tem que ser referendo para que as pessoas saibam o que estão votando.” O referendo é convocado posteriormente à criação do ato legislativo ou administrativo, cabendo ao povo ratificar ou rejeitar a proposta. Diferente do plebiscito que é convocado previamente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.