Em propaganda partidária, DEM enfatiza reforma da educação

Em propaganda partidária, DEM enfatiza reforma da educação

Andreza Matais

09 de maio de 2017 | 15h14

 

Em programa partidário que vai ao ar (assista aqui) em cadeira nacional de rádio e televisão, hoje à noite, o DEM tece críticas à gestão petista que geriu o País desde 2003 e enfatiza o trabalho que vem desempenhando na educação. “O PT jogou o Brasil para baixo. A economia despencou. A renda caiu. A inflação disparou e o País perdeu credibilidade. Milhões de brasileiros ficaram desempregados”, destaca, nos primeiros 23 segundos do vídeo.

“Agora, é hora de trabalhar para reconstruir o Brasil porque é possível vencer as dificuldades”, diz o narrador, alterando o cenário. “Só existe um caminho para o Brasil superar a crise: passar pelas reformas estruturais”, emenda o presidente nacional do DEM, o senador José Agripino Maia.  “Entre as reformas uma é especial para nós do Democratas, a reforma da educação”, continua.

O texto diz ainda que o “Brasil não quer mais ser um País de jovens sem futuro, mas um País de jovens preparados”. O ministro da Educação, Mendonça Filho, enfatizou que a gestão anterior havia cortado orçamento da educação e chama atenção para as melhorias no Pronatec.  A gravação de dez minutos conta ainda com a participação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o prefeito de Salvador, ACM Neto, e o líder da legenda da Câmara, o deputado Efraim Filho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.