Em primeira propaganda como presidenciável, Tebet fala de preço dos alimentos

Em primeira propaganda como presidenciável, Tebet fala de preço dos alimentos

Julia Lindner

16 de junho de 2022 | 15h19

Vai ao ar nesta quinta-feira (16) à noite a primeira inserção de Simone Tebet como presidenciável do MDB, agora formalmente apoiada pelo PSDB e Cidadania. No filme, ela faz referência à polarização e também ao aumento dos preços dos alimentos.

“Eu sei que você está decepcionado, a vida está difícil, mas o que está em jogo é o futuro dos nossos filhos”, diz ela.

Em propaganda partidária, Tebet fala em inflação e mudança

Tebet afirma ainda que “é possível fazer diferente”, em referência aos dois principais candidatos, Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), já experimentados no cargo. 

“O Brasil quer mudança e precisa de cuidado e amor verdadeiros, comida mais barata, saúde, educação e mais oportunidades”.

Tebet encerra a inserção com o slogan de sua campanha, frisando o “nosso” nesta frase: “Juntos vamos reconstruir nosso Brasil”. 

Com cerca de 2% das intenções de voto, Tebet tenta angariar eleitores do centro, avessos à polarização, para se firmar como candidata de um grupo de partidos liderados pelo MDB.

A inserção é da sigla dela e ocorre no último mês de propagandas partidárias, antes do início das convenções, em julho e agosto, que vão formalizar as candidaturas para início oficial da campanha no meio de agosto.

 

Tudo o que sabemos sobre:

simone tebet; eleições 2022

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.