Em nota, Eduardo Bolsonaro pede apoio das Forças Armadas venezuelanas à recuperação da democracia

Em nota, Eduardo Bolsonaro pede apoio das Forças Armadas venezuelanas à recuperação da democracia

Juliana Braga

02 de maio de 2019 | 17h34

Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL-SP Foto: Will Shutter/Câmara

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara, Eduardo Bolsonaro, pediu em nota que as Forças Armadas da Venezuela se unam ao movimento liderado pelo presidente auto-declarado, Juan Guaidó.

O documento, assinado também pela presidente da Comissão de Relações Exteriores do Congresso argentino, Cornelia Schmidt-Liermann, condena a violência do governo de Nicolás Maduro “para calar a voz do povo” e exorta por uma saída pacífica à crise.

Apesar de elaborado no dia 30 de abril, qaundo venezuelanos saíram às ruas, o documento será divulgado nesta quinta-feira, 02.

Leia a íntegra da nota:

 

Tendências: