Em nota, CNBB diz que Reforma da Previdência é ameaça a direitos conquistados

Em nota, CNBB diz que Reforma da Previdência é ameaça a direitos conquistados

.

Luiza Pollo

23 Março 2017 | 16h49

Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Foto: Tiago Queiroz/Estadão

A CNBB divulgou nota nesta quinta-feira confirmando informação revelada pela Coluna do Estadão de que é contra a reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer. “Os direitos sociais do Brasil foram conquistados com intensa participação democrática; qualquer ameaça a eles merece imediato repúdio”, diz o texto.

A nota é assinada pelo Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Cardeal Sergio da Rocha, pelo Arcebispo de São Salvador da Bahia e Vice-Presidente da entidade, Dom Murilo S. R. Krieger e por Dom Leonardo Ulrich Steiner, Secretário-Geral da CNBB.

No documento, divulgado após o término do encontro do Conselho Permanente da CNBB, os bispos não descartam a necessidade de uma reforma no sistema previdenciário, mas questionam os números do déficit apresentado pelo governo. “Não é possível encaminhar soluções de assunto tão complexo com informações inseguras, desencontradas e contraditórias”.

A Coluna revelou hoje que senadores alertaram o presidente Michel Temer que padres estão pregando contra a reforma em cidades do interior do Nordeste. O presidente disse aos senadores que vai procurar a CNBB.

Leia íntegra da nota emitida pela CNBB:

Mais conteúdo sobre:

CNBBReforma da Previdência