Em carta a Siqueira, apoiadores de Lira no PSB tentam impedir apoio ao bloco de Maia

Marianna Holanda

18 de dezembro de 2020 | 15h13

No dia em que Rodrigo Maia gostaria de anunciar o apoio formal do PSB ao seu bloco na disputa pelo comando da Câmara, 15 deputados da legenda enviaram uma carta ao presidente, Carlos Siqueira, nesta sexta-feira, 18, pedindo uma reunião da bancada para deliberar quem devem apoiar na disputa.

Na prática, é uma forma de pressionar para que os deputados tenham voz na decisão. O documento também é endereçado ao líder, Alessandro Molon (RJ).

Os signatários, dentre eles João Campos (PSB-PE), são apoiadores de Arthur Lira (PP-AL), adversário de Maia, e foram desautorizados pelo Diretório Nacional do PSB, porque Lira é o candidato do Planalto. Na semana passada, maioria dos deputados haviam sinalizado apoio ao deputado do PP.

“O DNA das forças conservadoras e vinculadas ao governo Bolsonaro está presente nas candidaturas apresentadas até o momento, seja nas já definidas como também nas outras que ainda sequer foram anunciadas do campo conservador”, diz trecho da carta.

O documento solicita reunião da bancada para avaliar ainda a possibilidade de lançamento de candidatura própria do PSB à Presidência da Câmara.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.