Em campanha, candidato a vereador em Natal ameaça feministas

Em campanha, candidato a vereador em Natal ameaça feministas

Jaufran Siqueira (PMN) publicou imagem de casa em chamas e afirmou que esse seria o destino das feministas após ganhar a eleição

Coluna do Estadão

30 Agosto 2016 | 17h44

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O candidato a vereador em Natal (RN) Jaufran Siqueira, do Partido da Mobilização Nacional, postou em sua página oficial no Facebook a imagem de uma casa pegando fogo com os dizeres “Isso é o que vai acontecer com as feministas quando Jaufran for eleito vereador”. Cerca de mil seguidores do candidato apoiaram a foto, mas outros 2 mil criticaram a atitude dele.

Jaufran se diz “totalmente contrário ao movimento feminista” e já havia publicado a mesma imagem com a legenda “queima que é puta”.

Diante dos comentários negativos, ele afirmou que não fez apologia ao crime. “Infelizmente algumas pessoas acharam que incitei o ódio e incentivei que mulheres que lutam pelo seus direitos deveriam ser queimadas. Utilizei do humor para mostrar minha oposição ao movimento feminista”, declarou.

Em nota, Jaufran também afirmou que “as acusações de discurso de ódio, de incentivo à violência e ao assassinato de mulheres não passam de tentativas de manchar a minha imagem. Minha vida tem sido pautada no respeito mútuo e na proteção de amigas, primas, afilhadas, namoradas ou qualquer outro tipo de relação parental ou amorosa”. (Mariana Diegas)