Eduardo Cunha fará sua defesa pessoalmente no Conselho de Ética nesta quinta

-

Andreza Matais

17 de maio de 2016 | 11h59

O presidente suspenso da Câmara, Eduardo Cunha, decidiu nesta terça-feira que fará pessoalmente sua defesa no Conselho de Ética da Casa. A reunião esta marcada para esta quinta-feira. Ele é acusado de mentir ao negar em depoimento para o colegiado ter contas na Suíça. Havia dúvidas se ele iria se manifestar apenas por escrito. Além de Cunha, o advogado dele, Marcelo Nobre, também fará a defesa técnica na mesma reunião.