Eduardo Cunha é preso em Brasília

O ex-presidente da Câmara estava na rua quando foi abordado pelos policiais

Coluna do Estadão

19 de outubro de 2016 | 13h36

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

O deputado cassado Eduardo Cunha foi preso nesta quarta-feira pela Polícia Federal. A ordem de prisão preventiva partiu do juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato. Ele estava perto do prédio onde mora em Brasília, na Asa Sul, quando foi abordado pelos policiais. Ele será levado para Curitiba em avião da Polícia Federal. Não houve resistência.

Conforme a PF, ele já está a caminho do hangar da Polícia Federal em Brasília para embarque a Curitiba. A previsão de chegada na capital paranaense é entre 17 e 18hs.

 Os procuradores da força-tarefa da Lava Jato sustentaram que a liberdade do ex-parlamentar representava risco à instrução do processo, à ordem pública, como também a possibilidade concreta de fuga em virtude da disponibilidade de recursos ocultos no exterior, além da dupla nacionalidade (Cunha é italiano e brasileiro).