Doria retoma conversas para ter Moro na equipe

Doria retoma conversas para ter Moro na equipe

Coluna do Estadão

27 de setembro de 2020 | 21h08

TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO

Com a quarentena obrigatória de Sérgio Moro chegando ao fim, João Doria retomou a ofensiva para ter o ex-juiz em seu time. Uma das ideias discutidas no final de semana, segundo apurou a Coluna, é a de  Moro assumir a vaga de Paulo Dimas, ex-presidente do Tribunal de Justiça e  atual titular da Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado.  Mas havia outras opções sobre a mesa, entre elas, entregar ao ex-juiz uma função consultiva ou até a Segurança Pública. O mais importante para Doria é ter Moro, desafeto de Jair Bolsonaro, ao seu lado.

Ixi. Não é uma operação fácil: Dimas é bancado pelo TJ-SP. O tribunal quer manter seu espaço no governo. A quarentena de Moro após ter deixado o Ministério da Justiça seria de seis meses, mas há brechas jurídicas para ele assumir um cargo ainda em outubro.

Fichas. Se Doria e Moro se acertarem, o governador reforçará posições na centro-direita rumo a 2022. Na equipe do tucano, o ex-juiz da Lava Jato também seria de grande contribuição para as demandas do Estado, ainda que Paulo Dimas esteja bem avaliado pelo comando do Bandeirantes.

Clima… Tem sido estranha a relação nos bastidores entre a equipe de Doria e a do prefeito Bruno Covas (PSDB) em torno da volta às aulas na capital do Estado.

…ruim. O principal foco de tensão envolve as poderosas escolas particulares da capital, que têm no secretário estadual da Educação, Rossieli Soares da Silva, um ardoroso defensor.

Assinatura. Ainda que as pesquisas mostrem que a maioria da população tem receio sobre a retomada presencial das aulas, a Associação Brasileira de Escolas Particulares (Abepar) apresentou estudos, assinados por grife da saúde, para pressionar a Prefeitura.

Novo… Elsinho Mouco está bem pertinho de ser oficializado como chefe do marketing da campanha de Celso Russomanno (Republicanos) a prefeito.

…marqueteiro. Elsinho, ex-marqueteiro de Michel Temer, de quem continua próximo, foi convidado para assumir a campanha de Russomanno pelo deputado Marcos Pereira, principal nome do Republicanos..

Novo slogan. Em sua quinta tentativa de ser prefeito de São Paulo, Levy Fidelix quer deixar de ser o “homem do aerotrem” para ser o “candidato do Hamilton Mourão”. O vice-presidente da República é filiado ao PRTB do candidato.

SINAIS PARTICULARES.
Levy Fidelix, candidato a prefeito de São Paulo pelo PRTB

Ilustração: Kleber Sales

 

Tá… Cresce entre senadores, até mesmo entre aliados de Davi Alcolumbre, o sentimento de que uma alteração da regra sobre reeleição no Senado via resolução interna, ainda que seja mais fácil de ser votada, não terá o apoio necessário para sua aprovação.

…osso. Senadores alegam constrangimento com a manobra. Sobrará a alternativa de se votar uma proposta de emenda à Constituição, que demanda a anuência de três quintos dos parlamentares e votação em duas instâncias na Câmara e no Senado.

Xi… Porém, entre os deputados, ao menos hoje, é quase certo que uma proposta desse tipo não passa.

Sem detalhes. A expectativa dos aliados mais próximos a  Alcolumbre é de que o STF diga que a reeleição para as Mesas da Câmara e do Senado é questão interna do Congresso sem estabelecer como a mudança de regra poderia ser feita.

Breque. Alcolumbre soltou nota para rebater a ofensiva de seus adversários.  Senadores viram a ação com surpresa e como uma tentativa de dirimir as críticas à sua estratégia.

CLICK. Estreia na quarta-feira (30/09) o documentário sobre a tendência trotskista Liberdade e Luta, a Libelu. Estará na mostra competitiva do festival É Tudo Verdade.

Divulgação

BOMBOU NAS REDES!

Deputado Marcelo Freixo. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Marcelo Freixo, deputado federal (PSOL-RJ) e torcedor do Flamengo: “Ter esse jogo (Palmeiras e Flamengo, pelo Brasileiro) foi um dos maiores absurdos que já vi. Aliás, para a CBF não existe pandemia.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: