Doria diz que voto de Haddad será ‘bem-vindo’ em eventual segundo turno com Marta

Doria diz que voto de Haddad será ‘bem-vindo’ em eventual segundo turno com Marta

O tucano comentou a avaliação do prefeito de São Paulo, que disse a interlocutores não acreditar na própria reeleição

Coluna do Estadão

07 de agosto de 2016 | 15h00

Foto: Werther Santana/Estadão

Foto: Werther Santana/Estadão

O candidato à Prefeitura de São Paulo João Doria (PSDB) afirmou que o voto do atual prefeito, Fernando Haddad (PT), será “bem-vindo” se o empresário disputar o segundo turno com a candidata do PMDB, Marta Suplicy.

“Agradeço a deferência. Se quiser votar em mim, seu voto será bem-vindo”, ironizou.

A Coluna do Estadão antecipou que Haddad teria confessado a interlocutores que não deve chegar ao segundo turno. O petista acredita que a corrida será entre entre Marta e Doria.

Apesar de surpreso, Doria minimizou a fala de Haddad disse não saber por que o Prefeito pensa assim. “Talvez ele esteja cansado. Não deve ser fácil ser prefeito de São Paulo, eu admito. Talvez ele tenha exaurido seu tônus e sua vontade de continuar a ser um gestor público”, ponderou. (Mariana Diegas)

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Eleição municipal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.