Documento com alegações finais de Dilma é numerado como 171

Documento com alegações finais de Dilma é numerado como 171

-

Coluna do Estadão

29 de julho de 2016 | 07h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

As alegações finais da presidente Dilma Rousseff foram protocoladas ontem no Senado com a numeração DOC 171, mesmo número do Código Penal que trata de estelionato. Os documentos seguem ordem de chegada.

O próprio advogado da presidente, José Eduardo Cardozo, foi o culpado pela infeliz coincidência. As alegações seriam protocoladas com a numeração 170, mas, antes disso, ele entregou outro documento: pedido de prorrogação da entrega do documento.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Piada pronta

Tendências: