Dirigentes indicam rejeição ao ‘distritão’

Dirigentes indicam rejeição ao ‘distritão’

Coluna do Estadão

07 de julho de 2021 | 05h00

Congresso Nacional. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

Em encontro na residência oficial da Câmara para discutir o “distritão”, a maioria dos presidentes de partidos presente demonstrou ser contra a proposta. Estavam presentes Baleia Rossi (MDB), Ciro Nogueira (PP), Gilberto Kassab (PSD), Luciano Bivar (PSL), além da própria relatora da reforma política e presidente do Podemos, Renata Abreu (SP). Segundo relatos, Arthur Lira (PP-AL), que até aqui vinha se empenhando na mudança, disse que se manterá neutro. Porém, apesar dessa posição, dirigentes disseram que bancadas estão divididas.

Molhou. Presidentes de partidos disseram à Coluna que o cenário é diferente de semanas atrás: mais provável as regras continuarem como estão para eleições proporcionais: difícil conseguir votos para uma PEC.

Molhou 2. O fato de os senadores terem se colocado contra a medida esfriou os anseios de mudanças. O próprio Lira esteve na casa de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para tratar do tema.

Mineirês. O presidente do Senado disse ser contrário, mas, se a maioria quiser a mudança, não vê problemas. Um aliado traduz: o “distritão” não passa.

Em… Em busca dos votos para se viabilizar no STF, André Mendonça fez no périplo pelo Senado.

…campanha. Questionado por Lasier Martins (Podemos-RS) sobre a decisão da Corte de anular a sentença contra o ex-presidente Lula, Mendonça teria dito que havia elementos para tal, mas criticou a demora de sete anos da Corte. Não ficou bom, teria dito.

Estica aí. Mendonça teria dito ainda ser favorável a uma proposta do senador de instituir mandatos aos ministros da Corte. Mas, em vez de dez anos como prevê o texto, teria dito ser favorável a 12 anos STF.

Filme… Quem conhece o clã Bolsonaro de longa data diz que o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) provoca arrepios no Planalto ao propor uma espécie de “CPI da rachadinha”.

…antigo. Se o passado de Bolsonaro for escrutinado, com certeza o presidente ficará mal na fita, afirma um “amigo da família”.

SINAIS PARTICULRES.
Alessandro Vieira, senador (Cidadania-ES)

Kleber Sales

Xi, Jair… A CCJ da Câmara caminha para formar maioria e derrubar a proposta do voto impresso em 2022, impondo uma derrota retumbante a Jair Bolsonaro e à presidente da comissão, Bia Kicis (PSL-DF)

CLICK. Bia Kicis (PSL-DF) se encontrou com o jurista Ives Gandra Martins, a quem chamou de “grande mestre”. Discutiram, segundo ela, “o momento político” do País.

Reprodução/Instagram

Ato final. Em seus últimos meses da longa gestão à frente da presidência da poderosa Fiesp, Paulo Skaf vai se dedicar a trabalhar contra a reforma tributária do ministro Paulo Guedes.

Apuração. Leci Brandão (PCdoB), Jesus dos Santos (PDT) e a Bancada Ativista estão coletando assinaturas para instalar a CPI da Abordagem Policial na Assembleia de São Paulo.

Apuração 2. Segundo eles, no ano passado, mesmo com a pandemia, houve aumento de 34% nos homicídios cometidos pela PM, em comparação com 2019.

Tomar… A Quaest, em parceria com a Genial Investimentos, passa a divulgar a partir de hoje, 7, uma nova série de pesquisas para tentar entender a cabeça do eleitor brasileiro e avaliar o governo Bolsonaro.

…o pulso. Serão 24 rodadas de pesquisa nacional, até novembro de 2022. As entrevistas domiciliares serão realizadas nas 27 unidades da Federação, abrangendo 95 municípios.

PRONTO, FALEI!

Janaina Paschoal. FOTO: SERGIO CASTRO/ESTADÃO

Janaína Paschoal, deputada estadual de São Paulo (PSL): “Que se apure e caia quem tiver de cair. Mas deixo claro que não vou fazer frente ampla com a esquerda. Sei o que passei”, sobre áudio de ex-cunhada de Bolsonaro.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANNA HOLANDA. COLABORARAM PEDRO VENCESLAU E BRUNO LUIZ.

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.