Dilma diz a aliados que quer seguir com interrogatório sem interrupções

Dilma diz a aliados que quer seguir com interrogatório sem interrupções

Coluna do Estadão

29 de agosto de 2016 | 15h30

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Aliados da presidente Dilma Rousseff sugeriram à petista, no intervalo do almoço que sua defesa negociasse um horário para encerrar os trabalhos hoje para que fossem retomados amanhã. Dilma, no entanto, disse que queria seguir direto com o interrogatório.

Durante o almoço, quando comeram picadinho, aliados passaram a Dilma impressões próprias e de outras pessoas a respeito de seu discurso. De acordo com um interlocutor, ela ficou satisfeita com o que ouviu. (Daniel Carvalho, Igor Gadelha e Isabela Bonfim)

Tudo o que sabemos sobre:

impeachment

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.