Deputados usam fala de Temer para se livrar da reforma da Previdência

Deputados usam fala de Temer para se livrar da reforma da Previdência

Naira Trindade

12 de dezembro de 2017 | 19h05

Deputados contrários à reforma da Previdência começam a usar o último discurso do presidente Michel Temer para enterrar de vez qualquer possibilidade de se votar a proposta este ano. Justificam que o próprio presidente já começa a dar sinais de que, sem os 308 votos, a PEC deve ser apreciada só em fevereiro. E acrescentam não ter esperança de que o assunto, se empurrado para 2018, volte à pauta antes das eleições.

Mais cedo, na saída de almoço com o presidente da Macedônia, Gjorge Ivanov, no Itamaraty, Temer admitiu que espera uma nova data para fevereiro caso não haja votos para aprovação neste ano. Agora há pouco, um evento que constava na agenda oficial do presidente como reunião interna se transformou em cerimônia aberta a 150 empresários. (Naira Trindade)

 

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão

Tendências: