Deputados querem criar comissão externa para acompanhar crise na Venezuela

Luiza Pollo

04 de abril de 2017 | 17h49

A Câmara pode acompanhar in loco a crise na Venezuela. O líder do PPS, Arnaldo Jordy (PA), e o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) entraram com pedido de instalação de Comissão Temporária Externa para acompanhar a situação no País vizinho.

“A situação da Venezuela ainda inspira cuidados e mobilização por parte daqueles que defendem a plena vigência das instituições democráticas e do respeito aos direitos humanos naquele país”, justificam os deputados.

Não seria a primeira vez que parlamentares brasileiros vão até a Venezuela. Em 2015, uma comitiva composta por senadores (entre eles o atual ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes) esteve em Caracas para se encontrar com líderes de oposição e foi impedida por simpatizantes do governo de Nicolás Maduro de sair do aeroporto. No mesmo ano, o hoje ministro da Defesa, Raul Jungmann, protocolou um pedido para criação de uma Comissão Temporária Externa, que acabou não se concretizando.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.