Deputados querem criar comissão externa para acompanhar crise na Venezuela

Luiza Pollo

04 de abril de 2017 | 17h49

A Câmara pode acompanhar in loco a crise na Venezuela. O líder do PPS, Arnaldo Jordy (PA), e o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) entraram com pedido de instalação de Comissão Temporária Externa para acompanhar a situação no País vizinho.

“A situação da Venezuela ainda inspira cuidados e mobilização por parte daqueles que defendem a plena vigência das instituições democráticas e do respeito aos direitos humanos naquele país”, justificam os deputados.

Não seria a primeira vez que parlamentares brasileiros vão até a Venezuela. Em 2015, uma comitiva composta por senadores (entre eles o atual ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes) esteve em Caracas para se encontrar com líderes de oposição e foi impedida por simpatizantes do governo de Nicolás Maduro de sair do aeroporto. No mesmo ano, o hoje ministro da Defesa, Raul Jungmann, protocolou um pedido para criação de uma Comissão Temporária Externa, que acabou não se concretizando.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.