Deputado indiciado está de licença médica

-

Luiza Pollo

06 de junho de 2016 | 18h25

O deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE), indiciado pela Polícia Federal na última sexta-feira, 3, está de licença médica desde abril. Gomes se licenciou do cargo em 28 de abril deste ano e foi substituído por Mauro Benevides (PMDB-CE) a partir do dia 03 de maio. A licença médica foi concedida por 140 dias e poderá ser renovada. A Câmara dos Deputados não soube informar o motivo da ausência do deputado.

Gomes e seu ex-assessor Luis Carlos Batista Sá foram indiciados em inquérito da Lava Jato que apura esquema de corrupção na Petrobrás, como relatado pela Coluna do Estadão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: