Deputado exonera ex-tesoureiro do PT de cargo comissionado na Câmara

-

Andreza Matais e Daniel Carvalho

24 de junho de 2016 | 17h16

paulo-ferreira-tse-1000

O deputado Leo de Brito (PT-AC) exonerou nesta sexta-feira o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira de cargo comissionado na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara. A decisão ocorre após a Coluna do Estadão revelar que Ferreira, alvo da Operação Custo Brasil, foi contratado pelo petista há um mês, com salário de R$ 12,5 mil, como assessor técnico da comissão.

Foragido desde ontem, Ferreira se entregou agora há pouco à Polícia Federal. Ele foi preso, acusado de receber propina de esquema de corrupção que envolve a concessão de empréstimos consignados a servidores públicos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: