Deputado do União grava vídeo em apoio a Garcia e agora pede para que não seja exibido

Deputado do União grava vídeo em apoio a Garcia e agora pede para que não seja exibido

Julia Lindner

30 de maio de 2022 | 15h54

O deputado Junior Bozella (União-SP) gravou vídeo em apoio a Rodrigo Garcia (PSDB) e agora afirma que pediu à Executiva do partido para que ele não seja veiculado alegando ter sido coagido. No filme, que é padronizado e idêntico ao de diferentes deputados da legenda, Bozella afirma que a sigla “apoia o novo governador Rodrigo Garcia na luta para que os recursos de São Paulo fiquem aqui (no Estado)”.

O deputado, entretanto, virou defensor da candidatura própria em São Paulo e vem tentando convencer os colegas nos últimos dias a lançar o ex-ministro Sergio Moro como forma de garantir palanque ao pré-candidato à Presidência Luciano Bivar no Estado.

O governador paulista Rodrigo Garcia. Foto: Divulgação/Governo SP

“As pessoas foram coagidas a gravar o (apoio ao) Garcia. Eu não tenho nada contra o Garcia, mas eu não sou PSBD, eu sou União Brasil. E agora as coisas mudaram de figura. É simples assim. Houve uma ameaça que se a gente não gravasse o Garcia não iria passar a nossa inserção em apoio ao Bivar”, disse Bozella.

Conforme mostrou a Coluna do Estadão, os vídeos do União buscam reforçar a aliança da sigla com Garcia. No início da gravação, antes da fala dos deputados, um locutor afirma que o governo federal “suga a maior parte dos impostos de São Paulo”. Nas imagens, aparece uma pessoa, usando uma roupa identificada como “governo federal”, sugando notas de dinheiro com um aspirador.

O discurso de que a União reinveste pouco no Estado também tem sido usado pela pré-campanha de Garcia, que vai disputar a eleição para tentar se reeleger como governador.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.