Depois de Bolsonaro, embaixador dos EUA fará teste para covid-19

Depois de Bolsonaro, embaixador dos EUA fará teste para covid-19

Marianna Holanda

06 de julho de 2020 | 23h33

Reprodução/Twitter

Depois da notícia de que Jair Bolsonaro está com suspeita de covid-19, o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, vai realizar o teste de coronavírus.

Segundo a assessoria de imprensa da embaixada, o diplomata não apresenta sintomas. “Mas está tomando as devidas precauções e fará os testes apropriados, seguindo os protocolos de rastreamento do CDC”, diz o texto.

“Nossos dois governos mantêm uma comunicação contínua, incluindo sobre esse caso. Desejamos as melhoras para o presidente Bolsonaro”, conclui.

O presidente esteve no último sábado, 4, na embaixada dos EUA para comemoração da independência americana. Também estiveram presentes ministros como Luiz Eduardo Ramos e Ernesto Araújo, além do filho do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Todos sem máscara.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: