Depois da prisão de Cunha, plenário da Câmara fica quase vazio

Depois da prisão de Cunha, plenário da Câmara fica quase vazio

Coluna do Estadão

21 de outubro de 2016 | 06h15

No day after à prisão de Cunha, o plenário da Câmara estava às moscas, mas 250 registraram presença. Tratavam de emendas ao orçamento.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Emendas