DEM se reúne para decidir sobre aliança com PSDB nos Estados

DEM se reúne para decidir sobre aliança com PSDB nos Estados

Juliana Braga

25 Julho 2018 | 18h40

Pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin. Foto: Felipe Rau/Estadão

A Executiva do DEM se reúne no final da tarde desta quarta-feira, 25, para tratar sobre a verticalização da aliança com o PSDB. No plano nacional, a sigla se uniu ao Centrão para apoiar o pré-candidato à Presidência, Geraldo Alckmin, mas em alguns Estados há dificuldades para coligações com os tucanos.

O caso mais delicado é o de Minas Gerais, onde o deputado Rodrigo Pacheco (DEM) e o senador Antônio Anastasia (PSDB) são candidatos ao governo. Deve haver uma tentativa de composição entre os dois, mas, segundo Pacheco, foi sinalizado a ele que o partido liberaria o diretório para manter sua candidatura.

Há dificuldades ainda em Goiás, onde Ronaldo Caiado (DEM) e Marconi Perillo (PSDB) são adversários, Mato Grosso e Paraíba. No Estado nordestino, os planos da sigla são de caminhar com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

A tendência é que o partido decida, na reunião desta tarde, respeitar as diferenças locais. De acordo com um integrante da Executiva, há o entendimento de que o PSDB já ganhou o suficiente ao se beneficiar do apoio, unido, do Centrão (Juliana Braga).

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadão

Mais conteúdo sobre:

Geraldo AlckminDEMPSDB