Delator da Lava Jato, Fábio Cleto levou família para o exterior

-

Luiza Pollo

17 de junho de 2016 | 05h20

Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, escondeu a família no exterior quando decidiu fazer delação premiada na Lava Jato. Teme retaliações.
Na delação, ele detalhou propina para Eduardo Cunha e também citou o ex-ministro Henrique Eduardo Alves.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Fuga

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: