Defesa de Lula já foi contra tese que pode salvá-lo

Defesa de Lula já foi contra tese que pode salvá-lo

Coluna do Estadão

25 de julho de 2018 | 05h30

Eugênio Aragão | André Dusek/Estadão

Advogado eleitoral do ex-presidente Lula, Eugênio Aragão já manifestou, em processos do TSE, que a Justiça não poderia beneficiar políticos fichas-sujas permitindo que se candidatassem, respaldados por medidas liminares concedidas individualmente. Em 2014, quando era vice-procurador-geral eleitoral, Aragão disse que a causa da inelegibilidade somente poderia ser suspensa por medida concedida por órgão colegiado. O posicionamento de Aragão no passado acendeu o sinal de alerta no PT, que faz de tudo para tentar manter a candidatura do petista.

Nos anais. No julgamento do registro da então candidata Jaqueline Roriz, em 2014, Aragão defendeu como vice-procurador que novas inelegibilidades podem ocorrer mesmo após a formalização da candidatura. Ele não foi localizado ontem.

Tamo junto. Outro advogado que atua na defesa de Lula, Luiz Fernando Casagrande Pereira também escreveu, em 2015, um artigo acadêmico no qual dizia que nem sempre o candidato inelegível tem direito a seguir em campanha. Ele não quis comentar.

Tiro… Alvaro Dias (Podemos) é o terceiro presidenciável a procurar o publicitário Eduardo Fischer. Antes dele, Henrique Meirelles (MDB) e Jair Bolsonaro (PSL) tentaram trazer o presidente da Fischer America para suas campanhas.

…certo. As negociações com o candidato do Podemos estão avançadas. Fischer deve atuar como um consultor estratégico. Ele já indicou Alexandre Oltramari para ser o marqueteiro da campanha.

Plus. Fischer foi eleito, ontem, pela terceira vez como “publicitário de confiança” pela pesquisa Marcas de Confiança da revista Seleções. Sua empresa é uma das maiores do País.

Escolhe. Cotado para vice de Geraldo Alckmin, Mendonça Filho pode ser mais um a dizer não ao tucano. A prioridade do seu partido, o DEM, é reeleger Rodrigo Maia presidente da Câmara. O partido sabe que dificilmente poderá ter as duas vagas.

Vai. Josué Gomes (PR) e o governador Fernando Pimentel (PT) se reúnem hoje. Não há expectativa de que ele aceite ser candidato a nada, embora esteja encantando com o assédio.

Não vai. A mãe do empresário o enquadrou sobre ser vice de Geraldo Alckmin. Ponderou que contraria a história de José Alencar, que disputou contra o tucano, em 2006.

Bateu, levou. O presidente do PDT, Carlos Lupi, ironizou o ministro Carlos Marun, que chamou Ciro Gomes de ‘débil mental’. “A gente respeita e tem carinho com quem tem problemas.”

Sai pra lá. O edital da licitação para contratar a empresa que organizará o último desfile de 7 de setembro de Michel Temer prevê 7 mil metros lineares de fechamento em placas metálicas, além de 13 mil metros de grades de segurança para cercar a área do evento.

Alerta. O ato de vandalismo de manifestantes pró-Lula no prédio do Supremo, ontem, acendeu o sinal amarelo dentro do CNJ, que decidiu redobrar a atenção com a segurança. Vinte pessoas jogaram tinta vermelha no prédio da Corte, pedindo Lula livre.

CLICK. A filha do jurista Miguel Reale, Luciana, criticou a advogada Janaina Paschoal, cotada para vice de Jair Bolsonaro. Janaina e Reale não se falam há um ano.

LEIA MAIS: ‘Se for para dizer amém eu não vou’, afirma Janaina

Água mole em… O presidente da Associação Nacional dos Procuradores, José Robalinho, vai ao Planalto, hoje, apelar à ministra Cármen Lúcia para que envie ao Congresso uma proposta de reajuste de 16,38% para a categoria. Cármen resiste ao aumento.

Chutão. O diretório do PSB em Pernambuco vai para a reunião do partido, no dia 30, tentar adiar a decisão sobre quem apoiar na disputa presidencial. Hoje, a tendência é Ciro Gomes.

PRONTO, FALEI!

Foto: André Dusek/Estadão

“O palanque está aberto ao Alckmin, ao Alvaro Dias e a qualquer candidato dos partidos da nossa coligação”, DO PRÉ-CANDIDATO DO PTB AO GOVERNO DE PERNAMBUCO, ARMANDO MONTEIRO, mudando o discurso pró-Lula para não perder o PSDB.

COM REPORTAGEM DE NAIRA TRINDADE E JULIANA BRAGA. COLABOROU RAFAEL MORAES MOURA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadão