Defesa de Funaro vai processar na OAB advogado de delator da Lava Jato

-

Fábio Fabrini

13 de julho de 2016 | 22h02

A defesa de Lúcio Funaro, operador de Eduardo Cunha, pediu que a OAB apure “infração ética” de Adriano Vani, advogado do delator Fábio Cleto. Acusa o criminalista de pedir dinheiro para direcionar as declarações de seu cliente à Lava Jato. Requer também que se avalie a “credibilidade” da delação. 

Vani diz que a primeira denúncia de Funaro contra ele foi feita em maio, quando soube da delação, por desespero. Alega que o operador de Cunha não tem como desmerecer a delação e, por isso, tenta desqualificar o advogado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.