Defesa da democracia se sobrepõe a ‘nomes’

Defesa da democracia se sobrepõe a ‘nomes’

Coluna do Estadão

11 de julho de 2021 | 05h00

Presidente Jair Bolsonaro. FOTO: EVARISTO SA/AFP

O eixo de debates de importante parcela do empresariado e do mercado financeiro em torno da construção de uma terceira eleitoral está se deslocando para a defesa da democracia. Ou seja, antes de falar em nomes, é preciso defender o sistema e o que ele tem de mais precioso: as eleições, em contraponto à escalada autoritária de Jair Bolsonaro. Executivos ainda se dividem sobre o impeachment e não são todos que veem grave ameaça às instituições, mas o fato é que a agenda 2021 parece se impor à de 2022. Este ano ainda promete emoções.

Que ano é hoje? As rodadas de conversas com potenciais candidatos continuará neste ano, mas o já famoso “nome da terceira via”, admitem, deve aparecer mesmo só ano que vem.

Fala aí. Rodrigo Pacheco (DEM), Gilberto Kassab (PSD), ACM Neto (DEM), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Paulo Hartung, Eduardo Leite (PSDB) e João Doria (PSDB) são os interlocutores preferenciais do setor produtivo.

Fala aí 2. Depois do primeiro pronunciamento de Rodrigo Pacheco sobre as Forças Armadas, empresariados de alto calibre cobraram dele uma postura mais incisiva. No dia seguinte, o presidente do Senado subiu o tom em coletiva, mas sem perder a moderação.

100%… Outro ponto que contribui para empurrar o assunto até a virada do ano: as prévias do PSDB. Nos últimos dias, surgiu a ideia de uma chapa pura tucana ao final do processo.

…PSDB. Se for derrotado, Tasso Jereissati será o vice ideal de Doria, Eduardo Leite ou Arthur Virgílio, dizem os articuladores.

Ainda… Sérgio Moro deve anunciar até novembro se aceita o convite do Podemos para disputar a Presidência da República em 2022. Nas conversas com a cúpula do partido, no entanto, o ex-juiz federal não tem falado em candidatura.

…pulsa? “Ele ficou de pensar, não disse nem sim nem não”, afirma o senador Álvaro Dias (Podemos-PR), mais entusiasmado do que o próprio Moro. Há pouca chance de a empreitada vingar. O ex-juiz quer influenciar no processo eleitoral, mas fora da urna.

SINAIS PARTICULARES.

Eduardo Leite, governador do RS

Kleber Sales

Yes… Ao anunciar sua orientação sexual, Eduardo Leite contou com a ajuda do renomado publicitário Nizan Guanaes para elaborar a frase em que cita o americano Barack Obama.

…we can. “Não sou um gay governador tanto quanto Obama no Estados Unidos não foi um negro presidente”, disse Leite.

CLICK. Coordenadora da bancada feminina, Celina Leão (PP-DF) recebeu de Tania Ziulkoski (Movimento de Mulheres Municipalistas) plano estratégico da entidade.

Coluna do Estadão

Martelo. O Ministério da Justiça vai realizar o seu maior leilão, com imóveis avaliados em mais de R$ 80 milhões. Há salas comerciais, terrenos e uma fazenda, avaliada em mais de R$ 60 milhões, todos no Estado de Mato Grosso.

Martelo 2. Os bens estão relacionados a crimes de lavagem de dinheiro, apreendidos de João Arcanjo Ribeiro, chefe do crime organizado no MT nas décadas de 1980 e 1990. Os lances podem ser dados até o dia 22 de julho.

Martelo 3. O governo do Estado de São Paulo oferece, no próximo dia 15, na capital paulista, dois lotes de aeroportos para a iniciativa privada. Os terminais de Ribeirão Preto e São João do Rio Preto são considerados os mais atrativos.

PRONTO, FALEI!

Foto: Gabriela Biló / Estadão

Baleia Rossi, presidente do MDB: “A maior das funções das Forças Armadas é ajudar a zelar pelo Estado Democrático de Direito. Conquista de todos. Qualquer retrocesso seria inaceitável.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E MARIANNA HOLANDA. COLABOROU BRUNO LUIZ.

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.