Decisão do momento de Temer é cortar dez ministérios

-

Andreza Matais

09 de maio de 2016 | 11h50

A tesoura do vice-presidente da República, Michel Temer, vai atingir dez ministérios. Se a ideia vingar, ele terá 22 ministros, enquanto que Dilma Rousseff termina sua gestão com 32. A pasta da Cultura será agregada ao Ministério da Educação. O ministério dos Transportes irá agregar Portos e Aviação Civil. Os novos ministros terão que reduzir a estrutura de suas pastas.