Decisão de criar Secretaria de Presidência era estudada há três semanas

Decisão de criar Secretaria de Presidência era estudada há três semanas

.

Luiza Pollo

04 de fevereiro de 2017 | 05h45

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

A decisão de se criar a Secretaria da Presidência para dar foro privilegiado para Moreira Franco vinha sendo desenhada no Planalto há três semanas.

Ao fazer Moreira Franco ministro, o governo já esperava reação da oposição por causa da comparação com o caso de Lula. Sem foro privilegiado, Lula foi nomeado para a Casa Civil, mas foi barrado pela Justiça.

O governo já tem discurso de defesa. Afirma que Moreira já atuava informalmente como ministro. E que, no caso de Lula, havia conversas de Dilma Rousseff indicando que o ex-presidente seria nomeado ministro apenas para obter o foro.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Moreira Franco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.