Cunha: “Tem uns que não querem nem minha cassação, querem minha extinção”

.

Daniel Carvalho

21 de junho de 2016 | 12h07

Ao se defender das acusações de praticar “manobras do mal”, Eduardo Cunha se colocou como vítima de seus “algozes”: “Tem uns que não querem nem minha cassação, querem minha extinção”, afirmou sem citar nomes.

Pronunciamento de Cunha já dura mais de uma hora. Por enquanto, jornalistas ainda não puderam fazer perguntas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: