Eduardo Cunha no Rio e os rumores de delação

Juliana Braga

03 de junho de 2019 | 08h00

Eduardo Cunha | Andressa Anholete/AFP

A transferência de Eduardo Cunha ressuscitou os rumores de que ele estaria negociando uma delação premiada, desta vez com o MPF do Rio, para falar de Judiciário.

A defesa do ex-presidente da Câmara, no entanto, faz uma ressalva: porque Cunha entregaria o que sabe no Rio, sendo que ainda não responde a nenhum processo por lá?

A propósito, não é à toa a previsão de expulsão automática de integrantes condenados em 2.ª instância no novo Código de Ética do MDB. Desse maneira, ninguém precisa ser o carrasco de um correligionário.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.