Sozinho à mesa, Cunha diz que volta a dar entrevistas para se defender

Sozinho à mesa, Cunha diz que volta a dar entrevistas para se defender

.

Daniel Carvalho

21 de junho de 2016 | 11h07

WhatsApp-Image-20160621

Em entrevista que acontece neste momento em um hotel tem Brasília, o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que voltará a falar periodicamente para se defender de matérias jornalísticas. Até o momento, jornalistas ainda não puderam fazer perguntas. O pronunciamento começou pontualmente às 11h.

Cunha tem falado apenas através de notas oficiais e por publicações em redes sociais. “Isso, de certa forma, tem prejudicado, e muito, a minha defesa e também a comunicação. Resolvi voltar com regularidade para prestar satisfações, eu mesmo, a medida que vocês queiram ouvir”, afirmou Cunha, sozinho em uma mesa com seis lugares.

“Há um nítido cerceamento de defesa meu e a falta de comunicação é um deles”, disse Cunha.

A TV Câmara chegou a mostrar em sua transmissão um quadro na tela com o início da entrevista, mas, no momento, transmite discursos no plenário da Casa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: