Crise política pode afetar resultado de viagem de Temer à China

Crise política pode afetar resultado de viagem de Temer à China

­

Coluna do Estadão

28 de agosto de 2016 | 06h00

Sinais Particulares: Michel Temer. Ilustração: Kleber Sales

Sinais Particulares: Michel Temer. Ilustração: Kleber Sales

Os resultados da viagem do presidente em exercício Michel Temer à China tendem a ser modestos, admite-se dentro do governo. Os preparativos foram prejudicados pela incerteza política.

Não saber quem seria o presidente na data da reunião do G-20, nos dias 3 e 4 de setembro, atrapalhou o diálogo com os chineses.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Incógnita

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.