Crise na Câmara une governo e oposição

Crise na Câmara une governo e oposição

.

Daniel Carvalho

09 de junho de 2016 | 10h29

Congresso-Nacional-dida-sampaio-estadao-e1424705906999

Uma reunião inesperada aconteceu no início da noite de quarta-feira, 8, na Liderança da Minoria na Câmara. Líderes de DEM, PPS e PSDB sentaram-se à mesa com representantes de PT, PC do B e Rede para discutir a “crise institucional da Câmara”.

Participantes do encontro negam ter discutido nomes para a sucessão de Eduardo Cunha. Afirmam que a pauta passou pela situação do presidente afastado da Câmara no Conselho de Ética e pela possibilidade de se decretar a vacância do cargo, ocupado interinamente pelo primeiro vice-presidente, Waldir Maranhão (PP-MA).

Maranhão, no entanto, não consegue ficar muito tempo sentado na cadeira de presidente. Ontem, tentou presidir uma sessão, mas teve que, mais uma vez, se retirar sob protestos.

Tudo o que sabemos sobre:

Legislativo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: