Crise da covid-19 expõe conflito interno do DEM

Crise da covid-19 expõe conflito interno do DEM

Coluna do Estadão

10 de abril de 2020 | 05h00

 

Osmar Terra e Onyx Lorenzoni

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Entre os muitos efeitos colaterais da covid-19 na política, um deles é a exposição pública da desarmonia interna no DEM e suas dúvidas quase hamletianas: 1) é possível ter três ministros fortes e não fazer parte do governo? 2) a quem esses ministros devem lealdade, à direção partidária ou ao presidente? Com a crise, esses conflitos se tornaram mais agudos e a sensação interna é de perda do controle. Será difícil continuar mantendo as aparências. Nos bastidores, já se fala em medidas drásticas: Onyx Lorenzoni ficou sem clima para ficar no DEM.

Xi… A conversa de Onyx (Cidadania) com Osmar Terra, cheia de críticas a Luiz Henrique Mandetta, que também é do DEM, só expôs o mal-estar há tempos reinante no partido de Rodrigo Maia. O teor foi divulgado pela CNN Brasil.

Contexto. No diálogo, gravado pela emissora, Onyx e Osmar defenderam a demissão do ministro da Saúde. O primeiro chegou a dizer que não fala com Mandetta há dois meses e que, se estivesse na cadeira do presidente Jair Bolsonaro, teria “cortado a cabeça” dele após uma reunião no Planalto no início da semana.

Vai colar? Dirigentes do Democratas defendem “baixar a bola” para não atrapalhar mais ainda o trabalho de Henrique Mandetta na Saúde. Querem reforçar que se trata de uma crise no governo, não no partido.

Vixe. Um integrante do DEM acha que é impossível o clima entre o partido e o governo ficar pior do que já está. Além de Mandetta e Onyx, Tereza Cristina (Agricultura) também é um quadro do DEM escolhido diretamente por Bolsonaro.

Como é? Três dias atrás, Onyx foi ao grupo do DEM no WhatsApp se defender de acusações de que estaria atuando contra Mandetta, negou peremptoriamente. Agora, ficou desmoralizado, avalia um colega dele.

Alô? Onyx chegou a ligar para o ministro da Saúde, antes da publicação do diálogo. Pediu desculpas. Mandetta disse que não sabia do que se tratava e que, portanto, não teria como atender ao pedido do colega.

CLICK. Live do Grupo Voto com a participação do ministro Onyx Lorenzoni, na qual ele disse que a “disputa” entre Mandetta e Jair Bolsonaro está superada.

Coluna do Estadão

Amigos… A reaproximação anunciada por Jair Bolsonaro em relação a Ronaldo Caiado pode dar uma ajuda a Mandetta. O governador de Goiás é um dos seus esteios na vida pública.

…de novo? Para tentar reaver a amizade, Bolsonaro espalhou que vai “passar a Páscoa” com Caiado. Os dois vão se encontrar em um hospital de campanha da União em Goiás. Caiado vai como governador.

Tenho… Enquanto esperava para uma reunião com Jair Bolsonaro, o deputado Marcos Pereira (Republicanos-SP) conseguiu emplacar uma sugestão ao pronunciamento que o presidente fez na quarta-feira.

…uma ideia. Em vez de desejar apenas uma feliz Páscoa, o presidente também pediu que os brasileiros tenham uma Sexta-Feira Santa de “reflexão”. O deputado argumentou que o momento pede essa atitude.

Pai prendado. Na quarentena, Efraim Filho (DEM-PB) aprendeu a fazer “slime” (a famosa ‘geleca’). Passa o dia resolvendo questões parlamentares e partidárias, mas, entre uma teleconferência e outra, brinca com as filhas pequenas.

SINAIS PARTICULARES.
Efrain Filho, deputado federal (DEM-PB), líder do DEM na Câmara

Ilustração: Kleber Sales

Sarrafo… O PSD terá candidatos a vereador nas 39 cidades da região metropolitana de São Paulo, e não a prefeito, conforme deu a entender nota publicada ontem pela Coluna.

…alto. Para a disputa das prefeituras neste ano, a meta do PSD é contar com candidatura própria em quase metade das cidades da região metropolitana da capital paulista.

BOMBOU NAS REDES!

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Lídice da Mata, deputada (PSB-BA) e relatora da CPI das Fake News: “Nada vai mostrar mais pra sociedade a importância do combate as fake news que a desinformação sobre a covid-19. As pessoas ficam inquietas e com medo do volume de mentiras que circula”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA.

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: