Com menos prefeitos, PT irá gerir orçamento 85% inferior

Coluna do Estadão

09 de outubro de 2016 | 06h45

Sede do PT, em São Paulo. Foto: Reprodução/Google StreetView

Sede do PT, em São Paulo. Foto: Reprodução/Google StreetView

 

Até o final deste ano, os 530 prefeitos petistas controlarão um orçamento de R$ 110 bilhões. Com menos prefeitos eleitos neste ano, os petistas passarão a gerir orçamentos bem menores. Até agora, com o resultado de primeiro turno, significará uma redução de 85% no valor, que cairá para R$ 15,8 bilhões.