Com Bebianno, Doria dobra as apostas

Com Bebianno, Doria dobra as apostas

Coluna do Estadão

08 de março de 2020 | 03h08

Os recentes movimentos de João Doria confirmaram para aliados qual sua principal aposta rumo a 2022: montar um exército de ex-combatentes (alguns expurgados) do bolsonarismo. Ao lançar Gustavo Bebianno a prefeito do Rio e se aproximar de Wilson Witzel, o governador de SP dobra a quantidade de fichas na prevalência da onda conservadora e, principalmente, no colapso do governo Bolsonaro. No entorno de Doria, porém, há gente graúda preocupada com a resistência que o eleitor do Nordeste demonstra para com esse figurino.

Volver. Outro fator que preocupa tucanos paulistas: ao acolher os ex-bolsonaristas (Joice Hasselmann, Alexandre Frota, Gustavo Bebianno e Paulo Marinho), Doria se afasta do centro, onde o ex-presidente FHC, por exemplo, acha que ele deveria se posicionar.

O meu PIB… A semana, porém, foi de otimismo no Palácio dos Bandeirantes. Auxiliares de Doria acham que o fraco desempenho do PIB brasileiro em 2019 (1,1%) dá ao governador combustível e discurso na seara da gestão econômica.

…é maior. Segundo a Fazenda estadual (comanda pelo ex-ministro Henrique Meirelles), a economia paulista teve crescimento de 2,8% em 2019: O Estado teve expansão maior que o triplo da média nacional.

Uau! Uma historinha educativa para quem sonha ter o apoio do governador Wilson Witzel (PSC-RJ) na eleição presidencial. Certa vez, ao receber representantes da Defensoria Pública, com os quais nunca havia estado, ele se apresentou: “Vocês estão diante do próximo presidente do Brasil”

A vida… Os ex-PGRs Roberto Gurgel e Antonio Fernando passaram por uma saia justa em Goiás. Contratados para defender a Enel Distribuição, empresa de energia elétrica que enfrenta uma crise no Estado devido a constantes apagões, eles ficaram no escuro ao chegar para a audiência no MPF em Goiânia.

…como ela é. A luz da repartição só voltou quando os dois já haviam ido embora. O Ministério Público instaurou um procedimento no fim do ano passado para investigar a qualidade da prestação do serviço.

CLICK. Marta Suplicy esteve com a presidente do PCdoB, Luciana Santos. A ex-senadora continua na busca por um partido para se lançar à Prefeitura de São Paulo.

Xi… A dificuldade em ter o PDT e o PSB numa aliança de centro-esquerda pode tirar de Marcelo Freixo (PSOL) a disposição necessária para disputar novamente a prefeitura do Rio.

Dureza. Quem esteve com Freixo recentemente diz que ele tem se queixado também do alto custo pessoal de uma campanha em uma cidade assolada pelas milícias e pelo tráfico.

Acabou… Túlio Gadêlha (PDT-PE) usou as redes sociais para dizer que ficou “assustado com a repercussão que as lágrimas de um homem podem alcançar.” “Queria aproveitar e informar que isso não é coisa de outro mundo. E que, sim, homens choram”, escreveu.

…chorare. Conforme revelou o blog da Coluna, Gadêlha foi às lágrimas em uma reunião e disse que retiraria sua candidatura à prefeitura do Recife. O deputado havia costurado apoio para assumir a liderança da minoria na Câmara, mas tomou uma puxada de tapete. Amanhã ele deve falar sobre o impasse da candidatura.

Yes, nós temos. A banana concorre a símbolo do governo Bolsonaro. Monitoramento de redes mostra que foi a distribuição da fruta por um comediante bombou nas redes, inclusive no exterior.



SINAIS PARTICULARES

Jair Bolsonaro, presidente da República

BOMBOU NAS REDES!

Tabata Amaral
Deputada federal (SP)

“Podemos ser só 15% desse Congresso, mas que sejamos 15% de mulheres incansáveis. Muitas lutaram e morreram para que pudéssemos estar nesta Casa.”

COM MARIANA HAUBERT E MARIANNA HOLANDA.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.