CNJ libera crucifixos no Tribunal de Justiça do RS

-

Coluna do Estadão

30 de julho de 2016 | 05h45

Voltaram a ser afixados crucifixos no plenário e em salas do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Os símbolos haviam sido proibidos pelo Conselho da Magistratura da Justiça gaúcha, mas a decisão foi revertida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Amém

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.