Centrão mira a MP da Liberdade Econômica

Centrão mira a MP da Liberdade Econômica

Coluna do Estadão

07 de agosto de 2019 | 05h00

Foto: Dida Sampaio/Estadão

A MP da Liberdade Econômica, que promove uma “minirreforma” trabalhista ao alterar ao me nos 36 pontos da CLT, é o novo alvo do Centrão na Câmara dos Deputados. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já foi avisado: o texto precisa ser modificado, caso contrário, a medida, tão cara à equipe econômica de Jair Bolsonaro, deverá caducar e, consequentemente, perder os efeitos. O prazo para análise é 28 de agosto. No primeiro semestre, governo e Câmara travaram duro embate acerca da MP 870, que redesenhava a Esplanada.

Questão… Em mais uma tensa reunião na liderança do PDT, parte da bancada na Câmara defendeu a expulsão de quem votou a favor da reforma da Previdência no segundo turno na Casa e também no Senado.

…de honra. Antes da votação, o líder André Figueiredo ouviu tudo calado e disse ao final da reunião: “Vamos tentar mudar pelo menos um votinho”.

Ela, não. Um outro deputado, que defendeu os dissidentes, provocou: “Vamos expulsar também a Katia Abreu se ela votar a favor da reforma?”. A senadora foi candidata a vice na chapa de Ciro e tem simpatia pela PEC do governo.

Quero ver. O Ministério da Educação prometeu enviar a deputados da Comissão Externa da Educação da Câmara um relatório, depois do Enem, com questões “ideológicas” eventualmente retiradas da prova. O MEC reforçou que o conteúdo está sob sigilo.

Hein? Em visita ao Inep, os deputados também quiseram saber quais secretarias foram afetadas pelo novo bloqueio na Educação, de R$ 348 milhões. Ouviram que ninguém ainda sabe.

CLICK. O ministro Jorge de Oliveira Francisco (à dir.) com William Popp, da Missão Diplomática dos EUA, em encontro sobre a relação bilateral entre os países.

Reprodução Instagram Jorge de Oliveira Francisco

Feirão… Os partidos Novo e Cidadania se uniram em projeto que autoriza a venda dos apartamentos funcionais da Câmara dos Deputados: 432 imóveis em áreas nobres de Brasília, avaliados em cerca de R$ 2,2 milhões cada um.

…da casa própria. Segundo a proposta de Alexis Fontayne (Novo-SP) e Paula Belmonte (Cidadania-DF), deputados poderão adquirir os apartamentos onde moram. O único imóvel a ser mantido pela Câmara seria o do presidente da Casa.

Sabatina. O ministro da Integração Nacional, Gustavo Canuto, esteve na casa de Rodrigo Maia para tentar acalmar líderes da Câmara aflitos com o atraso nos repasses de verbas do programa Minha Casa Minha Vida. Em alguns casos, a demora chega a 60 dias e, segundo construtoras, soma R$ 500 bilhões.

SINAIS PARTICULARES.

Rodrigo Maia, presidente da Câmara

Kleber Sales

Vai… Estudo do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana mostra que, se o País mantiver o ritmo atual, não atingirá as metas de gestão de resíduos sólidos assumidas na Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (em 2015).

…muito… Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) constituem uma agenda a ser atingida até 2030 pelos países signatários e visa à redução e à geração de resíduos por meio da prevenção, da reciclagem e reúso do lixo.

…mal. Se nada mudar, o País não alcançará a meta referente à redução do impacto ambiental dos resíduos em menos de 15 anos. Em relação à meta de reduzir a geração de resíduos, ela não será atingida em menos de trinta anos após o encerramento do prazo.

PRONTO, FALEI!

Reprodução Câmara dos Deputados

Júnior Bozzella, deputado (PSL-SP): “A única solução possível é fazer PEC paralela (dos Estados na Previdência) mesmo. Se aprovar em 15 dias, ótimo, mas não sei se acredito em milagres”.

 

COM MARIANNA HOLANDA

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

 

Tendências: