Deputados do Centrão apostam em adiamento do reajuste da energia elétrica com Sachsida

Deputados do Centrão apostam em adiamento do reajuste da energia elétrica com Sachsida

Lauriberto Pompeu

12 de maio de 2022 | 10h00

Embora o novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, seja um economista auto-declarado liberal, deputados do Centrão dizem acreditar que, com ele, avançará a ideia de adiar o reajuste de energia elétrica para 2023. Autor do decreto legislativo que susta os aumentos, Domingos Neto (PSD-CE) disse que há acordo no Legislativo para estender o congelamento para mais Estados, além do Ceará.

“A impressão que tenho é que ele é bom de diálogo”, diz, sobre Sachsida. Bento Albuquerque tinha sinalizado ao mercado ser contra qualquer tipo de intervenção que sugerisse quebra de contrato. Há uma expectativa de apoiadores do projeto de que Arthur Lira (PP-AL), encontre Sachsida nos próximos dias, após o presidente da Câmara voltar dos EUA.

Adolfo Sachsida, novo ministro de Minas e Energia. Foto: Dida Sampaio/Estadão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.