‘Carreiras de Estado’ viram ponto de discórdia

‘Carreiras de Estado’ viram ponto de discórdia

Coluna do Estadão

18 de junho de 2021 | 05h00

Reprodução/Câmara

O presidente da comissão especial da PEC da reforma administrativa, Fernando Monteiro (PP-PE), afirma ser importante incluir desde já no texto as carreiras típicas de Estado, como diplomatas, polícias, fiscais da Receita e juízes. “Elas têm preceitos constitucionais, é importante estarem na PEC”, disse à Coluna. Monteiro vai na contramão do relator Arthur Maia (DEM-BA), que, ao Estadão/Broadcast, disse haver grave risco de a reforma empacar se na PEC for discutir a lista das “carreiras de Estado”. Ou seja, mais um capítulo das diferenças de posições do Planalto e da Economia…

Pra já. Para Monteiro, é o contrário: “Não acho que poderia atrasar, mas, sim, trazer mais consenso”. Como a Coluna mostrou, Bolsonaro defende a mudança no texto da equipe econômica e seus aliados do PSL já preparam uma emenda.

Pra depois. O texto defendido pela equipe econômica e pelo relator prevê a definição das carreiras de Estado via projeto de lei.

Na… Antes da aprovação da MP da Eletrobrás, Flávia Arruda se reuniu no Planalto com o colega Bento Albuquerque, com dirigentes da estatal e com o relator Marcos Rogério. Todos participaram de videoconferência com os líderes e vice-líderes da base no Congresso.

…articulação. A ministra da Secretaria de Governo também conversou com senadores, explicando os itens polêmicos do texto e anotando as reivindicações deles. Ao final, acompanhou a votação apertada.

Aff. Gerou confusão nos Estados a distribuição dos 2,4 milhões de doses da vacina da Pfizer: a Saúde divulgou dois documentos com números diferentes.

Não… A chamada “pauta de distribuição” trazia número muito reduzido de doses para 17 Estados, diferentemente do que havia sido acertado no informe técnico.

…pode. Ao fim do dia, a Saúde corrigiu o equívoco e tudo se resolveu. Mas, segundo os Estados, a novela pode ter atrasado em um dia a distribuição das doses.

SINAIS PARTICULARES.
Fernando Henrique Cardoso,
ex-presidente da República

Kleber Sales

90… Fernando Henrique Cardoso completa hoje 90 anos. O Instituto Teotônio Vilela, do PSDB, comemora a data com um evento online “plural e afetivo”, na definição de Marcus Pestana, um dos tucanos responsáveis pela homenagem.

…anos… “FHC: o Estadista e Seus 90 Anos” terá basicamente quatro blocos, entre debates, depoimentos e uma mensagem do aniversariante ao final. Será transmitido pelo YouTube e redes sociais do PSDB às 12h.

…hoje. “FHC é o melhor intérprete do Brasil contemporâneo e seu último estadista”, afirma Pestana.

PRONTO, FALEI!

MARCIO RAMOS IFL.SP FOTO IFL-SP

Márcio Ramos, presidente do IFL-SP: “Enquanto o mundo avança na pauta de governança e anticorrupção, o Brasil retrocede afrouxando a lei sobre atos ilegais cometidos por agentes públicos.”

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG E MARIANNA HOLANDA.

Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.