Capitalização ainda pulsa entre deputados

Capitalização ainda pulsa entre deputados

Alberto Bombig

16 de junho de 2019 | 07h24

Apesar de ter sido excluída do relatório de Samuel Moreira (PSDB-SP) por falta de entendimento no Parlamento, a capitalização pode voltar ainda na Comissão Especial da Reforma da Previdência, via alguns deputados que ainda não jogaram a toalha. O plano é tentar construir maioria para aprovar em votação separada a emenda do deputado Mauro Filho (PDT-CE). Se não der certo, o grupo fará nova tentativa no plenário, junto com a reinclusão dos Estados na texto. As chances de sucesso crescem porque há a simpatia do presidente Rodrigo Maia.

Bola… Na linha do ativismo legislativo que marca sua gestão, Rodrigo Maia decidiu instalar uma comissão especial para analisar o projeto de lei, de 2015, que autoriza e torna viável a comercialização de medicamentos a base de cannabis.

… rolando. Pela composição do colegiado, desde o PSL até o PT terão assento. O PSOL, defensor da descriminalização da maconha, não tem, mas tenta viabilizar uma vaga na comissão.

Procura-se… Em outra seara, porém ligada ao mesmo tema, interlocutores de outra comissão criada por Rodrigo Maia (no ano passado) para propor um anteprojeto de atualização da lei de drogas estão conversando com parlamentares para arrematar o texto e apresentá-lo à Câmara.

… pais de aluguel. Para fugir de estigmas, procuram partidos de centro dispostos a tomar assento na viagem: PP, PSDB, PSD e MDB. Um deputado do PSD demonstrou interesse, mas só se não bancar sozinho o polêmico texto.

General prevenido… O general Augusto Heleno, do GSI, voltou a vestir coturnos. A bota agora é item inseparável quando Jair Bolsonaro cumpre compromissos em locais remotos. Recentemente, salvou o ministro de uma armadilha.

SINAIS PARTICULARES. General Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional

… vale por dois. Num rompante, Bolsonaro entrou no rio Araguaia de roupa social e chamou o general. “A sorte é que eu estava com o coturno de selva, que sai a água de dentro depois. Porque de sapato você fica em cima de um pântano o resto do dia.”

Tiro… As lideranças do governo no Congresso tentarão dissuadir deputados do PSL que apresentaram requerimento para a criação da CPI da interceptação telefônica, para investigar os hackers que atacaram celulares de Sérgio Moro e de procuradores, de seguirem em frente.

… Pela culatra. Há o temor de que, uma vez instalada, a comissão sirva de palco para a oposição e desafetos do ex-juiz no Congresso. Ademais, conforme avaliação de momento, Moro vem lidando bem com o episódio e dispensa ajuda.

 

CLICK. A mulher de Sérgio Moro, Rosângela, mandou fazer camiseta que faz alusão à frase que o ministro disse ao procurador Deltan Dallagnol:“In Fux we trust”.

Sondagem. Há três semanas, Bolsonaro disse ao general Ramos, novo chefe da Secretaria de Governo, que precisaria dele em Brasília, mas sem nomear a missão.

Jogando a isca. Antes ainda, quando Bolsonaro e Ramos pescavam no Guarujá na Semana Santa, o presidente disse ao amigo: “Daqui a pouco vou pescar você e levar pra Brasília”.

COM JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA. COLABOROU FELIPE FRAZÃO.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.